Início          Edição atual          Edições anteriores          Blog          Corpo editorial          Normas para publicação          Quem somos?          Contato         

 

Animal doméstico

Conto de Adriana Calabró

O barulho dos filhotes parece engulho de garganta inflamada. Eram seis. Coisa mais bonitinha, os cachorrinhos. Os olhos ainda fechados, as orelhas coladas na cabeça. O pelo com cheiro de leite. Só mesmo Toninha, a menina, treze anos espalhados pela vida, não se rendia. Olhava o ventre entreaberto da Preta, a cachorra mãe, via de longe a briga pelas tetas e se zangava. Odiava. Até judiava dos recém-caninos quando tinha oportunidade. “Garota ruim”, diziam. “Ruim que nem o demo”, confirmava a vizinha. “Que vai de ser do filho que tá na barriga dela?”. Sim, Toninha estava grávida e nunca tinha sido ruim assim de atirar pedra em filhotinho. Nunca tinha sido de odiar criatura viva. Nem morta. Que é que deu na Toninha? Quem descobriu foi o Gabriel, que trabalhava em escapamento, ali na comunidade. Pegou a menina chorando de dar dó, e viu que ao tentar acalmá-la corria um rio sujo de seus dedos pretos no rosto dela. “Pode não! Pode não!” dizia a Toninha. “A Preta ficou grávida do Toco. O Toco é pai dela. Pode não. Pode não”. Contra si ela apertava um dos filhotinhos que tinha acabado de esmagar com as próprias mãos.

 

 

 

 

 

Inverno 2015 / Não sobre o amor

Adriana Calabró

Adriana Calabró é escritora, dramaturga e roteirista. Idealizou e atua como facilitadora da Oficina Palavra Criada (desde 2005), desenvolve projetos de Coaching de escrita criativa para pessoas físicas, grupos e empresas e conduz a palestra Escrita e Pensamento que estimula a visão crítica sobre o uso da palavra. Desde 2011, faz parte do Grupo Beco de escritores, um espaço voltado ao estudo e fomento da literatura. Foi premiada nas áreas de comunicação (Best of Bates International, Clube de Criação) e literatura (ProAc – bolsa de literatura, Prêmio Off-Flip – finalista, Prêmio João de Barro- 1º lugar e Prêmio Livre Opinião - finalista).

Site da autora

www.palavracriada.com.br

 

 

   

Raimundo • Nova literatura brasileira

Quem somos? A Raimundo abre as portas para novos autores e atores da literatura brasileira, entre contistas, poetas, tradutores e ensaístas. Criada em 2014 com proposta de ser uma revista de edição trimestral, pretende acolher obras que pouco encontraram abrigo nos ainda apertados espaços do mundo editorial brasileiro.

A revista

Edições anteriores

Blog

Corpo editorial

Nossos artistas

Autores (breve)

Colabore com a Raimundo

Normas para publicação

Contato