Início          Edição atual          Edições anteriores          Blog          Corpo editorial          Normas para publicação          Quem somos?          Contato         

 

Mortalha das horas

Poema avulso de Rodrigo Menezes

uma lacuna alargou-se sobre os dias
– preguiçosa e lenta, corroendo o aço dos dias.
um volatim tornou-se em um suspiro
– bambo e inquieto, entre o amor e o verde.

os olhos incrédulos
procuravam um horizonte que só ele via.
as faces sem olhos
rugiam asperezas amiúde, sedentas de pele.

os sóis fluíam-lhe como água.
as luas chegavam como bálsamo
e logo iam-lhe,
alheias.

as Verdades que sempre procurara
– aquelas: as dos maiúsculos e imponentes 'vês' –
esvaíam-se sem retorno,
esvaziadas de vontade...

enquanto um manto espraiava-se sobre o tempo
– negro e oscilante, como uma mortalha das horas –
e uma mão trêmula varria os dias mortos pelo chão
– secos e enrijecidos, de alvoreceres incolores.

 

 

 

Outono 2016 / Poesia com gente dentro

Rodrigo Menezes

...

...

...

 

 

   

Raimundo • Nova literatura brasileira

Quem somos? A Raimundo abre as portas para novos autores e atores da literatura brasileira, entre contistas, poetas, tradutores e ensaístas. Criada em 2014 com proposta de ser uma revista de edição trimestral, pretende acolher obras que pouco encontraram abrigo nos ainda apertados espaços do mundo editorial brasileiro.

A revista

Edições anteriores

Blog

Corpo editorial

Nossos artistas

Autores (breve)

Colabore com a Raimundo

Normas para publicação

Contato