Início          Edição atual          Edições anteriores          Blog          Corpo editorial          Normas para publicação          Quem somos?          Contato         

 

Ficção científica

Poema avulso de Tracy K. Smith / Tradução de Lidia Rogatto

 

Não haverá bordas, mas curvas.
Traços claros apontando exclusivamente para frente.

A História, com sua rígida coluna e puídas
Arestas, será substituída por nuances,

Assim como os dinossauros deram lugar
A montes e montes de gelo.

As mulheres ainda serão mulheres, mas
Não haverá distinção. Sexo,

Tendo superado todas as ameaças, satisfará
Apenas a mente, que é onde existirá.

Por prazer, dançaremos por nós mesmas
Na frente de espelhos cravados de lâmpadas douradas.

A mais velha entre nós reconhecerá aquele brilho -
Mas a palavra sol terá sido convertida

Para Dispositivo Padrão de Neutralização de Urânio
Encontrado em casas e clínicas de repouso.

E sim, viveremos por muito mais anos, graças
Ao consenso popular. Sem peso, instáveis,

Éons inclusive da nossa própria lua, ficaremos à deriva
Na bruma do espaço, que será, de uma vez

Por todas, escrutável e segura.

Fonte: Life on Mars (Graywolf Press, 2011). Todos os direitos reservados sobre o texto original.

 

 

 

 

Verão 2018 / Nebulosa: ficção científica escrita por mulheres

Tracy K. Smith

Tracy K. Smith nasceu no ano de 1972, em Massachusetts (EUA). Formada pelas universidades Harvard e Columbia, é autora de três coletâneas de poemas e um livro de memórias, sendo uma das principais poetas de sua geração. "Ficção Científica” pertence ao livro “Life on Mars”, que ganhou o prêmio Pulitzer de Melhor Poesia em 2011. Além do Pulitzer, a poeta já ganhou o prêmio Cave Canem de poesia afro-americana, em 2002. Atualmente, Smith também dá aulas de criação literária na Universidade de Princeton. Seu próximo livro, “Wade in the Water” está previsto para abril de 2018.

Lidia Rogatto

Lidia Rogatto nasceu em Londrina, em 1989. É graduada em Comunicação Social pela Faculdade Cásper Líbero (2011), especialista em Inglês pela Universidade Federal de Minas Gerais (2013), mestre pelo Instituto de Estudos da Linguagem (Unicamp, 2015) e especialista em Tradução (DBB, 2017). Fundadora do Ateliê da Tradução (www.ateliedatraducao.com), trabalha nos pares francês-português e inglês-português, e também é revisora. Como tradutora profissional, é filiada ao Sindicato Nactional de Tradutores (SINTRA), à Associação Brasileira de Tradutores (ABRATES) e à IAPTI (International Association of Professional Translators and Interpreters). Já publicou traduções literárias nas revistas Lettres Françaises, Caleidoscópio, Pontes Outras, Arcana e Liberoamérica. Escreve sobre tradução, gênero e linguagem no blog traduzindomulheres.wordpress.com.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   

Raimundo • Nova literatura brasileira

Quem somos? A Raimundo abre as portas para novos autores e atores da literatura brasileira, entre contistas, poetas, tradutores e ensaístas. Criada em 2014 com proposta de ser uma revista de edição trimestral, pretende acolher obras que pouco encontraram abrigo nos ainda apertados espaços do mundo editorial brasileiro.

A revista

Edições anteriores

Blog

Corpo editorial

Nossos artistas

Autores (breve)

Colabore com a Raimundo

Normas para publicação

Contato